Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Morte cerebral, entenda mais

Você já deve ter ouvido falar que alguém teve uma morte cerebral, apesar de muito se ouvir falar sobre o assunto, a maior parte da população ainda continua leiga sobre o assunto, se você faz parte dessa população que não entende o que ocorre na morte cerebral, não deixe de ler esse artigo.

A morte cerebral é também conhecida como morte encefálica e essa morte ocorre quando ocorre uma perda irreversível das funções neurológicas do cérebro e as funções do tronco cerebral, essas funções são perdidas definitivamente, ou seja, o cérebro para de funcionar e isso pode ocorrer por diversos fatores como: Falta de oxigênio, Falta de glicose, Traumas na cabeça, Derrames, Tumores, Overdose entre outros.

O Cérebro é quem comanda toda essa máquina chamada corpo humano, se ele parar consequentemente o corpo vai parar também, no entanto o cérebro ainda consegue sobreviver até seis minutos após a parada do coração. Para constatar a morte cerebral são realizados vários testes e comandos e através das respostas em relação à reação neurológica, o médico pode confirmar a morte do cérebro.

Muitas pessoas confundem a morte cerebral com o coma, no coma diferente da morte cerebral há somente uma perda de consciência e durante o coma as funções neurológicas continuam ativas, porém a pessoa fica inconsciente.

Por esse motivo é fundamental ter um bom plano de saúde para que se possa prevenir e cuidar antes mesmo que seja tarde, uma dica que conheci é o Plano de saúde Itaú, fazendo uma cotação com o corretor, poderá ter os benefícios e ser atendido em qualquer lugar do Brasil, não recomendo ninguém ficar sem um bom Plano de saúde.

Antes da Morte cerebral, existe o Avc.

Principais Sintomas do Acidente Vascular Cerebral – AVC:

O Acidente Vascular Cerebral é uma doença que vem chamando a atenção nos últimos anos, pela grande quantidade de ocorrências, o AVC como é popularmente conhecido tem sido uma das maiores causas de internações e mortes no Brasil nesse ano de 2011.

O AVC é quando certa área do cérebro não exerce suas funções corretamente devido a falta de sangue ou o derramamento de sangue nessa área, o AVC pode acontecer de duas formas, a primeira pode ser o AVC Hemorrágico que ocorre quando um vaso sanguíneo se rompe e derrama sangue no cérebro e a segunda é o AVC Isquêmico onde ocorre um entupimento de um vaso sanguíneo impedindo que o cérebro receba sangue.

Ambos os casos podem levar a morte ou deixar seqüelas, são raros os casos onde a pessoa consegue superar um AVC sem nenhuma seqüela como: paralisias em um lado do corpo, problemas de fala, problemas de visão, falhas na memória e vários outros.

Os sintomas de um AVC são notórios como: Dores de Cabeça muito forte, as vezes ocorre vômito, dificuldade em enxergar, Fraqueza ou paralisia, dificuldades de falar, confusões mentais, perda de equilíbrio e da coordenação motora.

Ao sinal desses sintomas, a primeira providencia é correr para um hospital mais próximo. Para evitar os riscos de um AVC é importante que a pessoa tenha um estilo de vida saudável, quem já tem problemas com pressão alta, problemas cardíacos, colesterol, uso de álcool, cigarros ou drogas, Diabetes corre muito mais riscos de ter um Acidente vascular Cerebral.

Causas e conseqüências do AVC:

O AVC ou acidente vascular cerebral é causado por um rompimento, ou entupimento dos vasos que leva o sangue ate o cérebro, o AVC é o causador do maior numero de mortes no mundo, pois ele acontece de repente, o acidente vascular cerebral, tem que ser sempre levada muito a serio, já que as suas conseqüências são grandes.

Existem dois tipos de AVC, que é o AVC Isquêmico que é causado por entupimento dos vasos que levam o sangue para o corpo e AVC hemorrágico que acontece com o rompimento do vaso que provoca sangramento.

Veja abaixo os sintomas do AVC:

– Alteração repentina da sensibilidade com formigamento na face, perna, braço ou um lado do corpo;

– Diminuição ou perda repentina da força da face, do braço, da perna ou de um lado do corpo;

– Vertigem repentina intensa e desequilíbrio que são associados a náusea e vômitos;

– Perda repentina da visão em um olho ou nos dois olhos;

– Dificuldade para falar, assim como para se expressar ou compreender.

O AVC pode ser causado por vários fatores como: enxaqueca, diabetes, pressão alta, doenças cardíacas, anticoncepcionais hormonais, fumantes, obesidade, entre outras.

A saúde é muito importante, por isso cuide bem dela!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *